Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Marginais roubam carro, joias e dinheiro de uma residência em Salto de Pirapora

    Por volta das 06h30 da manhã de sexta-feira, 26/05, um morador do Bairro Santa Julieta, em Salto de Pirapora se preparava para sair ao trabalho, quando três marginais armados com arma de fogo invadiram sua residência.

    Os criminosos renderam todos da família e em seguida recolheram televisores, telefones celulares, laptops, a quantia de R$ 3.800 e fugiram com o carro da família, um HB 20 de cor branca, placa de Salto de Pirapora FLZ 7626. Dois ladrões sem capuz, o terceiro usava capuz.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato 

Redução de homicídio 14,71% em São Paulo

    O Estado de São Paulo apresentou redução tanto no indicador de casos como no de vítimas de homicídio doloso no mês de abril. 
    Além disso, também contabilizou queda nos roubos e furtos em geral e de veículos e roubos a banco.
    No quarto mês do ano, o número de casos de homicídio doloso caiu 14,71% em relação ao mesmo mês do ano passado. O total baixou de 333 para 284, ficando pela primeira vez abaixo de 300.
   “Todos os números de São Paulo, no que diz respeito ao homicídio, não têm comparação com nenhum estado da federação. A gente espera continuar reduzindo daqui para frente”, disse o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, durante divulgação das estatísticas na quinta-feira (25/05).
    O número de vítimas de homicídio apresentou queda de 12,93% em abril, passando de 348 para 303.
    Com as variações, as taxas de homicídios chegaram a 7,92 e 8,37 vítimas a cada grupo de 100 mil habitantes no período de maio de 2016 a abril deste ano. As duas são as menores para o período desde o início da série histórica, em 2001.
Na Capital, nós tivemos a menor taxa de homicídios da série histórica”, comentou o secretário.
    Em abril, as extorsões mediante sequestro ficaram zeradas. No mesmo mês de 2016, foram registradas cinco ocorrências do tipo. É a primeira vez para um mês de abril que não há nenhum caso.
                Roubos e furtos de veículos
    Os roubos de veículo caíram 13,91% em abril. O total de ocorrências baixou de 6.454 para 5.556, com 898 a menos. É a menor quantidade de toda a série histórica, iniciada em 2001, atrás apenas de 2008 (5.093 casos).
    No mês, os furtos de veículos apresentaram queda de 6,08% e o número de boletins de ocorrência caiu de 9.292 para 8.727, com 565 a menos.
    Mágino destacou a queda nos crimes contra o patrimônio. “A redução, de um modo geral no Estado, vem da realização das operações que o comando da PM está realizando", falou. "O coronel Nivaldo [comandante-geral da Polícia Militar] reuniu todo o seu alto comando e estabeleceu um número muito grande de operações diárias que deveriam ser realizadas. Hoje, a PM realiza 188 operações diárias só aqui na Capital”, completou.
    Os latrocínios aumentaram 28,57% no mês, de 28 para 36. O número de vítimas de latrocínio subiu 16,13% – de 31 para 36 – em abril.
    “Vamos incrementar as operações Cavalo de Aço visando coibir esse tipo de crime”, afirmou o secretário, já que alguns desses delitos ocorrem em roubos de motocicletas cometidos por criminosos que também utilizam esse tipo de veículo.
                           Produtividade policial
    O trabalho das polícias Civil e Militar resultou em 15.383 prisões realizadas no mês de abril. Com um aumento de 2,37% – de 3.926 para 4.019 –, os flagrantes de tráfico de drogas atingiram a maior quantidade da série histórica para o mês.

    Reproduzido da Secretaria da Segurança Pública-SP

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Patrão do tráfico é preso na Zona Norte de Sorocaba

Ruan Carlos, o "Caixa"

    Em 2016 policiais do 8º Distrito Policial de Sorocaba apreenderam aproximadamente 25 Kg de drogas, no Bairro Vitória Régia, Zona Norte de Sorocaba. A polícia investigava os patrões do tráfico naquela região (vários bairros). 

    De acordo com a investigação, o indivíduo Ruan Carlos Ferreira, apelidado no rol da criminalidade por "Caixa" era um dos homens que comandava o tráfico de drogas naquela região. Os 25 Kg de drogas apreendidos pertenceria ao investigado Ruan Carlos.

    Com base nos elementos da investigação, a polícia pediu a prisão preventiva de Ruan Carlos. A justiça ordenou prendê-lo. Os policiais souberam que Ruan Carlos vivia em locais incertos no Bairro Vitória Régia e que o procurado andava em um Passat de cor prata, placa EIR 0095, ano 2012.

    No início da noite de quarta-feira, 24/05, uma equipe de investigadores do 8º DP utilizando uma viatura descaracterizada, avistou o Passat de cor prata conduzido por Ruan Carlos transitando pelo Bairro Vitória Régia (ele estava sozinho no carro). 

    A equipe de investigadores acompanhou o Passat e solicitou apoio do Garra. O Passat seguiu até um ponto da Avenida Sandro Antonio Mendes onde há um salão de cabeleireiro. Ruan Carlos desceu e entrou no salão de cabeleireiro. Os investigadores aguardaram a equipe do Garra chegar no local, depois do reforço os policiais entraram no salão de cabeleireiro e prenderam Ruan Carlos.

    Quem ler jornal só sabe notícia amanhecida; leia Sorocaba Notícia aqui a notícia é da hora!



Polícia Civil prende autor do primeiro homicídio no Residencial Carandá, em Sorocaba

Oslei Batista

    Na quarta-feira à tarde, 24/05, policiais do 8º Distrito Policial de Sorocaba foram na Vila Helena e prenderam um indivíduo procurado pela Justiça. Oslei Batista de Almeida, 31 anos, estava na casa da mãe dele quando a polícia o capturou.  

    Ele é acusado de golpear com um punhal Wagner Roberto de Oliveira, no Residencial Carandá, em Sorocaba. O crime ocorreu em maio de 2017, depois que o cachorro da vizinha de Oslei provocou escoriações na filha de Oslei. A menina foi levada ao médico e medicada. No final da noite Oslei aparentemente embriagado foi contender com a vizinha que passeava com o namorado dela (a vítima). 

   Oslei discutiu com o casal e em seguida golpeou o rapaz. A vítima foi levada ao Hospital Regional de Sorocaba, no entanto não resistiu às lesões e faleceu. Oslei fugiu do Residencial Carandá.

    Após ser capturado e levado ao 8º Distrito Policial, Oslei alegou que agiu em legítima defesa. A polícia não acredita na versão citada por Oslei porque a afirmativa da testemunha presencial que é a vizinha de Oslei e namorada de Wagner Roberto (vítima) fora objetiva ao narrar a motivação e como o crime aconteceu. Oslei que já respondeu por porte ilegal de arma, foi levado ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba, onde aguarda posição da Justiça.

    Não dá para viver sem notícia 

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Homem é preso após furto de mercadorias num mercado em Salto de Pirapora

João Carlos na Delegacia

    No interior do Supermercado Rede Bom Lugar, na região central de Salto de Pirapora, um indivíduo subtraiu mercadorias, ao perceber que estava sendo observado por funcionários do comércio, o indivíduo saiu às pressas e quando chegou do lado de fora correu; durante à fuga ele dispensou as mercadorias (chocolates, shampoo e danone).

    A direção do comércio acionou uma guarnição da Guarda Civil Municipal, que realizou acompanhamento ao indivíduo e conseguiu alcançar e deter o suspeito próximo ao estádio de futebol. A guarnição recolheu os produtos e apresentou João Carlos de Souza, 40 anos, na Delegacia da cidade. 

    O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho ratificou flagrante de furto artigo 155 do Código Penal. Após o flagrante, João Carlos que mora próximo ao estádio de futebol, e saiu da cadeia recentemente, foi levado ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. O fato aconteceu quarta-feira, 24/05.

    Aqui a notícia chega chegando 

Ex-secretária da APAE é denunciada pelo MP em Pilar do Sul

Sandra Bernardi

    O ministério público em Pilar do Sul denuncia Sandra Cristina Calijuri Bernardi, ex-secretária da APAE, por apropriação indébita (artigo 168 do Código Penal inciso III). 

    Conforme a denúncia do ministério público, Sandra Cristina trabalhou como secretária da entidade no período de julho de 2014 a agosto de 2015, neste período Sandra era responsável para receber aluguéis de boxs comerciais na entrada do Bairro Nova Pilar, em Pilar do Sul, e o dinheiro seria depositado em conta bancária da APAE.

    Para apoderar-se do montante financeiro sem levantar suspeita, Sandra recebia o dinheiro e realizava depósito bancário, no mês seguinte ela recebia o valor do aluguel e apresentava cópia de depósito bancário do mês anterior (duplicidade de cópias dos recibos e de depósitos bancários). 

    Outra situação identificada pela denúncia é que Sandra pegou um cheque da APAE preenchido com valor de R$ 1.200 mil e pagou dívida de R$ 100,00 no posto de combustíveis em que a entidade abastecia seus veículos. 

    Sandra recebeu o restante (R$ 1.100) alegando que depositaria o montante em conta da APAE, porém, o depósito não aconteceu. O montante que Sandra teria se apropriado é de R$ 19.661,18 nos últimos sete meses que trabalhou na APAE (janeiro a julho de 2015). Ela teria se apropriado de quase R$ 20 mil por abusar da relação de confiança. 

    Ao ofertar a denúncia o representante do Ministério Público solicitou que o Judiciário realize pesquisa sobre antecedentes de Sandra e junte no processo. Se o juiz(a) concordar com a denúncia, Sandra pode ser condenada a cumprir de 1 a 5 anos de cadeia.

    Aqui a notícia chega chegando  

Indivíduo "trapalhão" que mora em Mairinque é preso após roubar moto em São Roque


    No início da noite de terça-feira, 23/05, um indivíduo simulou estar armado com arma de fogo, rendeu uma mulher e roubou a motocicleta dela. O ladrão montou no veículo e fugiu, adiante ele sofreu acidente e abandonou a moto no local do acidente.

    A vítima (M.G.R.O.) acionou à Polícia Militar e informou o caso e as características do meliante. A polícia diligenciou por uma rua próxima e localizou o suspeito. A vítima o reconheceu como sendo o autor do crime. 

    Relatado o fato na Delegacia de São Roque, a autoridade policial prendeu o mecânico de manutenção Leandro Luiz dos Santos de 31 anos, por roubo artigo 157 do Código Penal. Ele é morador do Bairro São José, em Mairinque. Após o registro do flagrante Leandro foi levado ao sistema prisional.

    Aqui a notícia chega chegando